quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Evolução


Really, houve um tempo em que eu dizia que queria envelhecer com as coxas da Tina Turner. Bien, eu ainda quero as coxas da Tina Turner, as antigas, eu suponho... mas no todo mesmo, hoje, eu desejo envelhecer, mais, se acontecer, como o Mick Jagger.

E é claro que eu não terminei de escrever isso...  

Quando eu eu digo coxas da Tina Turner 'em verdade lhes digo músculos, tônus da carne e da pele, entende? E onde vos falo Mick Jagger 'digo-vos teor de gordura, cara de rindosempre de aquela alegria do roquenrol. (E Deus me perdoe a referência evangélica mas não resisto) 

Porque se - de fato é um drama a própria saturação da tragédia extrapola o suporte do sério e a coisa toda - a vida, resulta no riso do perplexo diante do patético.

Eu (?)
quase nem sei mais quem eu sou
mas, de vez em quando me lembro de alguém
que se parece muito comigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário